PortugueseEnglish
Seus olhos parecem dois rios rolando pro mar
Quando você chora, quando você chora
E eu como bom capoeira não posso negar
Que o meu berimbau também já me fez chorar

Seus olhos parecem dois rios rolando pro mar
Quando você chora, quando você chora
E eu como bom capoeira não posso negar
Que o meu berimbau também já me fez chorar


Tem choro de alegria
Choro de tristeza e dor
Cada um tem seus motivos
Tem até choro de amor

Seus olhos parecem dois rios rolando pro mar
Quando você chora, quando você chora
E eu como bom capoeira não posso negar
Que o meu berimbau também já me fez chorar


Talvez pela falta de jeito
Do cabra valente
Quando quer disfarçar
É quando ele mais sente

Seus olhos parecem dois rios rolando pro mar
Quando você chora, quando você chora
E eu como bom capoeira não posso negar
Que o meu berimbau também já me fez chorar


Em dados momentos da vida
É preciso entender
Quando é forte demais
É a hora de ceder

Seus olhos parecem dois rios rolando pro mar
Quando você chora, quando você chora
E eu como bom capoeira não posso negar
Que o meu berimbau também já me fez chorar


Se diz o ditado
Que o homem não pode chorar
Como posso explicar
Se quando nasce, ele chora

Seus olhos parecem dois rios rolando pro mar
Quando você chora, quando você chora
E eu como bom capoeira não posso negar
Que o meu berimbau também já me fez chorar
Your eyes look like two rivers rolling into the sea
When you cry, when you cry
And I like a good capoeira can't deny
That my berimbau has also made me cry

Your eyes look like two rivers rolling into the sea
When you cry, when you cry
And I like a good capoeira can't deny
That my berimbau has also made me cry

There are tears of joy
Crying with sadness and pain
Each has their reason
There's even a cry of love

Your eyes look like two rivers rolling into the sea
When you cry, when you cry
And I like a good capoeira can't deny
That my berimbau has also made me cry

Maybe because of the clumsiness
Of the brave man
When he want to disguise
That's when he feels it the most

Your eyes look like two rivers rolling into the sea
When you cry, when you cry
And I like a good capoeira can't deny
That my berimbau has also made me cry

At given moments of life
It is necessary to understand
When it's too strong
It's time to give in

Your eyes look like two rivers rolling into the sea
When you cry, when you cry
And I like a good capoeira can't deny
That my berimbau has also made me cry

If the saying goes
That man can't cry
How can I explain
If when he is born, he cries

Your eyes look like two rivers rolling into the sea
When you cry, when you cry
And I like a good capoeira can't deny
That my berimbau has also made me cry
Author: Mestre Boa Voz