PortugueseEnglish
Tristeza mora comigo
Por causa da solidão
Eu pareço andorinha
Querendo fazer verão

Uma gota de água doce
Querendo ser ribeirão
Uma semente caída
Querendo ser plantação

Mas olhando pro deserto
Eu sou apenas um grão

De areia

Um grão

De areia

Um grão

De areia

Queria ser o luar
Que ilumina o meu sertão
Ou então ser uma estrela
De qualquer constelação

Vou levando minha vida
Com o meu berimbau na mão
Mas olhando pro deserto
Eu sou apenas um grão

De areia

Um grão

De areia

Um grão

De areia

Eu sou um peixe do cardume
No mar da imensidão
Eu sou uma flor do serrado
Que nasceu fora da estação

Quero ser bom capoeira
E jogar com o coração
Mas olhando pro deserto
Eu sou apenas um grão

De areia

Um grão

De areia

Um grão

De areia

Maior que Deus é ninguém
Que me deu tudo na mão
Mas nesse mundo tão imenso
Eu sou apenas um grão

De areia

Um grão

De areia

Um grão

De areia
Sadness lives with me
Because of loneliness
I’m like single swallow
Wanting to make summer

A drop of fresh water
Wanting to be a riverside
A fallen seed
Wanting to be a plantation

But looking at the desert
I’m just a grain

Of sand

A grain

Of sand

A grain

Of sand

I wanted to be the moonlight
That lights up my backlands
Or maybe be a star
From any constellation

I’m taking my life
With my berimbau in hand
But looking at the desert
I’m just a grain

Of sand

A grain

Of sand

A grain

Of sand

I’m a fish in a shoal
In the sea of immensity
I’m a flower from the savanna
Who was born out of season

I want to be a good capoeira
And play with my heart
But looking at the desert
I’m just a grain

Of sand

A grain

Of sand

A grain

Of sand

No one is greater than God
Who gave me everything in hand
But in this immense world
I’m just a grain

Of sand

A grain

Of sand

A grain

Of sand
Author: Morceguinho
T/L: Cerrado is a vast tropical savanna ecoregion of Brazil, for the translation, I just left ‘savannah’. But it’s not the African savannas that the song is referring to.